Dicas práticas para fotografia imobiliária

A fotografia imobiliária é um dos principais fatores de sucesso em anúncios online de venda ou aluguel de imóveis. Afinal, hoje em dia, ao buscar por um imóvel o consumidor acessa o site de diversas imobiliárias ou portal de imóveis para encontrar as opções que mais se encaixam às suas necessidades. Somente após essa pesquisa prévia, o potencial cliente entra em contato com a imobiliária para saber mais informações e negociar o fechamento de um possível contrato.   

Dados do Google comprovam que a internet é o principal meio de busca para quem procura um imóvel para comprar ou alugar. Outro estudo da comScore Media-Metrix revela que cada vez mais os Millennials utilizam a internet para encontrar o imóvel dos sonhos: de maio de 2013 a julho de 2014 a busca na web cresceu 30% e a utilização de dispositivos móveis para esse tipo de pesquisa aumentou 81% no mesmo período.

Esses dados demonstram a importância de se investir na qualidade da fotografia imobiliária para conquistar a atenção de clientes na internet. Para conseguir boas fotografias dos imóveis disponíveis no portfólio de sua imobiliária não é necessário contratar um especialista na área, mas é imprescindível dominar algumas técnicas e conhecer o perfil de público que deseja impactar.

Atualmente, com um smartphone é possível tirar boas fotografias, mas é preciso seguir algumas dicas essenciais para obter um resultado satisfatório. Em paralelo a isso, as imobiliárias precisam investir em melhores sites e aplicativos mobiles, assim como desenvolver um posicionamento estratégico nas redes sociais.

Continue a leitura deste post para conhecer dicas práticas de como realizar uma boa fotografia imobiliária para alavancar seus resultados.

Fotografia imobiliária: dicas práticas para alavancar as vendas de imóveis

Uma fotografia imobiliária de qualidade faz toda a diferença na etapa de captação de clientes. Por isso, as imagens escolhidas para compor o site ou portal da imobiliária não devem apenas ilustrar o que está sendo ofertado, mas devem também gerar o desejo do prospect em agendar uma visita presencial.

Por esse motivo, a imobiliária deve se preocupar em fazer uma boa apresentação de seus anúncios que encante os potenciais clientes e proporcione uma noção exata do tamanho dos ambientes e do estado de conservação do imóvel.

Assim, mais facilmente a imobiliária poderá despertar o desejo do cliente em potencial pelo imóvel e conseguir avançar o lead em sua jornada de compra. Nesse cenário, o corretor de imóveis deve passar a atuar de forma consultiva para auxiliar na tomada de decisão do cliente em todo o processo de compra ou locação do imóvel e não apenas como intermediário na negociação.

No entanto, para que essa estratégia seja efetiva, alguns detalhes devem ser levados em consideração e não podem ser deixados de lado. Por exemplo, além de apresentarem boa qualidade, as fotos do imóvel devem realçar os principais diferenciais do local. Confira a seguir outras dicas práticas para garantir uma fotografia imobiliária de qualidade.

Limpeza e organização do ambiente é fundamental

Antes de fotografar, organize e limpe minimamente o local. Objetos fora do lugar, móveis que serão descartados e lixo em geral devem ser organizados ou jogados fora. A casa deve passar a impressão do lugar ideal para o consumidor e, portanto, deve estar apresentável.

Escolha o ângulo que melhor favoreça os espaços

Procure fotografar do ângulo que mais favoreça o ambiente. Há alguns truques que os fotógrafos profissionais usam para dar amplitude ao espaço em que as fotos serão tiradas. Um deles é a regra dos terços, que consiste em enquadrar horizontal ou verticalmente o que se deseja fotografar.

Para garantir que você terá ao menos uma fotografia boa de cada cômodo, tire as fotografias de diferentes ângulos e posições, assim conseguirá abranger todos os cantos e detalhes do imóvel.

Cuidado com a qualidade da imagem

Fotos tremidas, borradas e sem foco não devem ser usadas em hipótese alguma. Você não precisa contar com um profissional para tirar as fotos, mas não deve também descuidar da qualidade do que vai ser divulgado no seu blog ou site. Fotos mal tiradas podem afetar a imagem da sua empresa e não despertar o resultado esperado no cliente.

Quando fotografar com smartphone escolha sempre usar a lente traseira da câmera, pois a  lente frontal não tem a qualidade tão boa e, geralmente, o sensor tem menos da metade da qualidade do sensor da câmera principal.

Iluminação adequada é primordial

A iluminação adequada é primordial para obter imagens de qualidade. Evite usar flash e utilize a luz natural a seu favor na hora de fotografar. Avalie quais são os horários ideais para conseguir obter uma iluminação natural na fotografia imobiliária. Alguns profissionais da área consideram que as primeiras horas do dia ou as últimas horas antes do sol se pôr proporcionam uma melhor iluminação natural em ambientes fechados.

Cada imóvel possui características próprias, por isso antes de sair fotografando certifique-se em qual período do dia cada imóvel fica mais iluminado e procure sempre fotografar nesses horários para fazer da iluminação natural aliada da fotografia imobiliária. Em ambientes que a iluminação não é tão boa, procure utilizar equipamentos de iluminação que possam influenciar positivamente na qualidade da imagem final.

Destaque os principais diferenciais do imóvel

As fotografias serão usadas como uma estratégia para atrair e encantar o cliente, não é mesmo? Por conta disso, é preciso que elas valorizem e apresentem o melhor do imóvel. Se ele tem algum diferencial, não deixe de fotografá-lo — uma churrasqueira, um terraço, uma lareira, um closet enorme, etc.

Ao utilizar algumas das técnicas e dicas apresentadas, certamente será possível alcançar a qualidade na fotografia imobiliária. Continue acompanhando o Blog da Vista para conferir outras dicas do mercado imobiliário.