Gestão de imobiliária: como incentivar a produtividade dos seus corretores de imóveis

Se na atualidade a inovação é um paradigma para as empresas, quando falamos em gestão de equipes, certamente o mesmo equivale para a produtividade. Na gestão de imobiliária não é diferente. Num conceito tradicional, produtividade pode ser definida como alcançar mais com menos recursos ou ao menos com os que estão disponíveis. O que não significa que não sejam necessários investimentos, sejam financeiros, como a aquisição de uma nova tecnologia que gerará economia em médio e longo prazo, ou até mesmo culturais, como a adoção de novos processos e métodos de organização.

Na gestão de imobiliária, a produtividade precisa ser encarada como um benefício que favorece tanto os gestores quanto os corretores. Para o primeiro, significa melhor aproveitamento do tempo e das habilidades do profissional e, consequentemente, mais resultados. Já para os corretores, investir na própria produtividade pode trazer posições de destaque dentro da empresa, uma rotina menos estressante e mais tempo para investir em ações estratégicas e não apenas operacionais, além de torná-los corretores de imóveis de sucesso. Contudo, para que isso aconteça, há uma série de maus hábitos que precisam ser extintos.

Em 2016, uma pesquisa realizada pelo CareerBuilder, divulgada pelo portal Exame, questionou cerca de 5 mil profissionais norte-americanos, entre eles executivos de RH, sobre produtividade no trabalho. Segundo o que foi apurado, 75% dos entrevistados perderam pelo menos duas horas diárias com outras tarefas não relacionadas com o trabalho. Dentre os motivos campeões de desperdício de tempo estavam: celulares e mensagens de texto (55%), internet (41%) e redes sociais (37%). Embora a tecnologia possa ser acusada de proporcionar um maior índice de procrastinação, dentro da gestão de imobiliária, ela pode ser utilizada como um incentivador dos corretores de imóveis.

Gestão de imobiliária: métodos e tecnologias para produtividade

A produtividade é um dos fatores que devem sempre estar na pauta da gestão de imobiliária, justamente por impactar de forma significativa os resultados apresentados pelos corretores de imóveis em suas vendas. Porém, além de elaborar indicadores e fazer o acompanhamento das entregas de cada profissional, é fundamental identificar se há um problema, como, por exemplo, excesso de distrações ou falta de organização das tarefas, e sugerir soluções. Para isso, separamos algumas ideias que podem auxiliar no incentivo à produtividade da sua equipe interna. Confira:

Método Kanban

O  método Kanban é ideal para ser aplicado em equipes que procuram maior colaboração entre profissionais e resultados mais ágeis. A própria palavra Kanban significa algo similar a “registro” ou “cartão”. Criado pela Toyota e popular no setor de produção e no desenvolvimento de softwares, a vantagem do Kanban é deixar as informações e demandas ainda mais visuais para todos. Trata-se de um cartaz com três colunas: “a fazer”, “em progresso” e “feito”. Nele, são colocados post-its com cada tarefa que precisa ser realizada.

É possível ainda  limitar os cartões que irão para a coluna do “em progresso/andamento”, por exemplo, fazendo com que os profissionais saibam o que deve ser priorizado. O Kanban também pode ser customizado de acordo com o fluxo de trabalho dentro de cada imobiliária. Dessa forma, todos da imobiliária sabem o que está acontecendo com as demandas diárias e também fica mais simples para a gestão de imobiliária identificar gargalos de produtividade, além da organização gerar mais produtividade.  

Técnica Pomodoro

A técnica Pomodoro é uma solução bastante popular para gerenciamento e organização do tempo, permitindo que os profissionais mantenham o foco na tarefa em que estão desempenhando. A execução é bastante simples e até existem sites que auxiliam na prática, como o Tomato Timer. Para iniciar, o corretor precisa identificar quais são as tarefas do dia e qual a ordem de prioridade. Com isso, basta ajustar um cronômetro para 25 minutos (tempo médio utilizado na técnica) e trabalhar apenas na tarefa durante tal período. Após 25 minutos, é feita uma pausa de 5 minutos. Quando ocorrerem quatro séries de 25 minutos, é feita uma pausa maior. As distrações e interrupções devem ser anotadas, principalmente se tratarem de novas demandas que não devem ser esquecidas e que serão realizadas posteriormente.

Google Agenda

Como falado anteriormente, a tecnologia, por vezes, é apontada como uma grande causadora da procrastinação. Entretanto, se bem utilizada pode facilitar bastante a rotina da gestão de imobiliária e trazer mais produtividade para os corretores de imóveis. Um desses casos é a utilização das ferramentas do Google, como o Google Agendas. Uma das principais vantagens é que as marcações feitas na agenda podem ser visualizadas tanto em desktop ou em computadores normais quanto em mobile, como smartphones e tablets.

No Google Agenda, o usuário consegue marcar seus compromissos, colocar anotações sobre local e outras informações pertinentes e ainda definir lembretes sobre os eventos. Assim, pouco antes de um compromisso, o corretor receberá uma notificação. É também possível criar reuniões e convidar outras pessoas, por meio dos e-mails de cada um. Além disso, os corretores podem compartilhar suas agendas com colegas e gestores, facilitando a marcação de reuniões e dando maior visibilidade das ações do seu dia para os responsáveis pela gestão de imobiliária.

Sistemas imobiliários

Para a gestão de imobiliária, nada melhor do que contar com um sistema específico que irá mapear suas necessidades e também oportunidades. Em relação ao aumento da produtividade dos corretores, um sistema imobiliário permitirá um controle maior sobre as etapas do atendimento, fornecerá métricas sobre o desempenho periódico e permitirá que sejam elaboradas estratégias para atacar os gargalos de produção. Nesta situação, ao contrário das anteriores, é o gestor que terá o controle para analisar o que está sendo realizado dentro da imobiliária, saber se é preciso investir em novas ações para garantir a produtividade da equipe e, como efeito, melhorar os resultados.

Como anda a produtividade da sua equipe de corretores? Compartilhe conosco seus desafios e também soluções para trazer mais efetividade para a gestão de imobiliária. Deixe um comentário com sugestões ou dúvidas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *