Como aplicar os dados do mercado imobiliário em sua estratégia

Você já parou para pensar como funciona a tarifa dinâmica do aplicativo Uber? A empresa utiliza ferramentas de Big Data e estatística para cruzar e analisar dados em tempo real. Dessa forma, sempre que as solicitações aumentam, seja em um dia chuvoso ou quando ocorrem grandes eventos na cidade, o preço  varia. Assim como ele, outras empresas têm utilizado essa tecnologia  para aumentar seus resultados: Microsoft, Apple e organizações brasileiras como a Abril Mídia. Diante desse contexto, fica muito claro que os dados do mercado imobiliário também podem servir como um catalisador no planejamento estratégico das imobiliárias.

O que é o Big Data?

O termo leva quase que automaticamente para a tradução literal: “Grandes dados”. Mas não se trata  apenas a coleta de um volume imenso de elementos . O  Big Data está relacionado com a coleta de dados, mas isolados eles  não dizem nada. É necessário incluir na equação  a velocidade com que eles são processados e a variedade das informações. Feito isso, é hora de analisá-los e escolher quais são úteis para a empresa. Depois desse estudo, é hora de extrair os insights que podem otimizar os resultados das organizações de diferentes segmentos.

Os dados podem ser registros de busca no Google, curtidas e compartilhamentos no Facebook, visualização de vídeos, entre outros. É importante ressaltar que segundo a Accenture, até 2020 haverá mais de 50 bilhões de objetos conectados. Todos eles desenvolvidos para coletar, analisar e compartilhamento dados. Essas estatísticas comprovam que o Big Data é uma excelente oportunidade de negócio, principalmente pelo fato do estudo ter comprovado que, até o momento, menos de 0,5% das informações disponíveis foram analisadas e utilizadas para fins comerciais.

É claro que a aplicação de técnicas e ferramentas de Big Data são diferentes para cada segmento e maturidade das empresas. Aqui no blog, por exemplo, já publicamos algumas fontes úteis para obter dados do mercado imobiliário. O que é importante é ter em mente que a análise não é algo extremamente complexo, e com planejamento é possível colocá-la em prática em sua empresa .

Além disso, trabalhar com dados do mercado imobiliário em sua estratégia permite fazer prospecção voltada para um perfil de cliente específico, entender o potencial dos imóveis, otimizar tempo e emitir relatórios eficazes para as tomadas de decisão.

3 tecnologias que contribuem para a coleta de dados do mercado imobiliário

Banco de dados gratuitos
Existem alguns bancos de dados do mercado imobiliário gratuitos que são extremamente importantes para precificar os apartamentos, salas e casas do portfólio de acordo com a realidade do mercado. Bons exemplos de empresas que coletam e disponibilizam informações são: Instituto Brasileiro de Economia, dados do mercado imobiliário da Lopes Imobiliária, portal VivaReal e Câmara Brasileira da Indústria da Construção.

Excel e Google Planilhas
Como falamos anteriormente, trabalhar com Big Data não é algo de outro mundo. É possível montar planilhas no Excel para fazer gestão de clientes, inserir informações de preferências dos prospects, filtros, e sempre que entrarem imóveis novos no portfólio, verificar se existe algum consumidor com perfil para ele.

CRM imobiliário
Um CRM imobiliário tem um pouco dos dois itens anteriores: consegue gerar relatórios e otimizar a gestão de clientes. Um software como o Novo Vista, por exemplo, ainda analisa as métricas e os resultados, consegue enviar lembretes, cruzar informações de clientes com as características dos imóveis e antecipar o comportamento do consumidor. O investimento nesse tipo de tecnologia agiliza o atendimento, melhora a gestão do portfólio da imobiliária, permite a avaliação da equipe de corretores e o cálculo do ROI em investimento de mídia.

Agora que você já conhece algumas ferramentas para trabalhar com os dados do mercado imobiliário, clique aqui e baixe nosso e-book gratuito: Tecnologia imobiliária para aumento de vendas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *