Whatsapp Whatsapp

Ficha de Visita de Imóvel: tudo o que você precisa saber!

O setor imobiliário é um dos que mais sofrem alterações no mercado e exige que os seus profissionais se mantenham sempre atualizados sobre o funcionamento das negociações desta área. É preciso entender os processos e desenvolver estratégias que otimizem as atividades relacionadas ao setor.

Um dos pontos mais pesquisados e mais importantes para os corretores é sobre a comissão de corretagem finalizada. Em média, o percentual de ganho é de 6%, que muda de acordo com o tipo do imóvel. É sempre importante consultar as atualizações das tabelas disponibilizadas pelo CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) do local onde o corretor opera.

Agora, já imaginou ou presenciou casos em que o corretor se dedica, estuda, atende os compradores das melhores formas possíveis, agenda visitas e tira todas as dúvidas sobre o local, mas quando o cliente compra o imóvel a comissão vai para outra pessoa?

Infelizmente, esse tipo de situação não é raro e apenas um documento a evitaria de forma muito simples: a ficha de visita de imóvel. 

Quer entender o que é essa ficha de visita de imóvel, como esse documento pode otimizar os processos da sua imobiliária e garantir que as comissões sejam direcionadas para os corretores certos? 

Confira esse texto até o fim. 

Corretor entregando a ficha de visita de imóvel para cliente assinar

O que é ficha de visita de imóvel?

A ficha de visita de imóvel ou declaração de visita ao imóvel, como o próprio nome já sugere, é um documento de caráter comprobatório que deve ser assinado, no ato da visita, pelo corretor e pelo cliente que está visitando determinado imóvel. 

Esse documento tem validade legal e comprova que a visita ao empreendimento foi realizada pelas partes que assinaram com a devida intermediação do corretor que também registrou a sua assinatura. 

É por meio desta ficha, portanto, que fica registrado com qual corretor um cliente visitou um imóvel pela primeira vez.

Quais são as vantagens em ter uma ficha de visita de imóvel?

O termo ou ficha de visita é um documento que favorece o corretor de imóveis ao protegê-lo de possíveis situações que possam tentar desconsiderar as visitações que mediou. 

Além do mais, a imobiliária pode ter um controle mais preciso das visitas que estão sendo realizadas, dos clientes com mais potencial para finalização de compra, quantos imóveis o mesmo cliente já conheceu etc. 

Essas informações podem ser utilizadas para melhor atender os clientes com estratégias mais assertivas e que levem exatamente as informações que eles precisam.

Confira os três principais benefícios em adotar a ficha de visita de imóvel como padrão nas visitações. 

Maior segurança para o corretor

Como previamente dito, a ficha é um documento legal, por isso funciona como prova da visita que ocorreu, até mesmo podendo ser apresentada em demandas judiciais. 

Garantia de comissão

Com este termo, o corretor poderá reivindicar o seu direito à comissão, até mesmo quando o comprador efetua o pagamento diretamente para o proprietário. Nesse caso, o proprietário deverá repassar o valor para o corretor que poderá comprovar que mediou a visita com a ficha de visita de imóvel.

Respeito pelo seu trabalho

A ficha reforça a seriedade dos trabalhos realizados pelos corretores e pelas imobiliárias, uma vez que formaliza a situação legalmente. Por isso, é importante que o corretor apenas realize mediações com a devida autorização assinada, que garante ao profissional o direito de apresentar e vender o imóvel. 

Corretor entregando a ficha de visita de imóvel para cliente assinar

3 dicas sobre ficha de visitação de imóvel

Ainda que tanto os corretores e imobiliárias compreendam a importância desse termo de visita, muitas falhas até mesmo simples podem ocorrer, o que impede a devida utilização da ficha de visita de imóvel.

Para evitar que, por qualquer motivo, a ficha não seja usada da melhor forma e sempre que necessário, confira as dicas abaixo:

Sempre ter a cópia em mãos

O corretor deve se organizar para sempre ter mais de uma cópia da ficha em mãos. Pode parecer óbvio, mas muitas vezes as visitas são marcadas de última hora e o corretor não tem tempo ou não se lembra de providenciar cópias da ficha. 

Por isso, é interessante criar uma rotina para se certificar que de que as fichas estarão disponíveis sempre que necessário. 

Imprimir a ficha diretamente do sistema, além de lembrar que precisa coletar a assinatura do cliente, possibilita que o documento já venha com os dados preenchidos, o que otimiza o processo e pode até passar maior segurança para o possível comprador.  

Seja transparente com o cliente

Muitos profissionais acabam ficando receosos quando precisam pedir ao cliente que assinem a ficha de visita. 

A questão é que alguns clientes e corretores sentem como se esse momento de assinar a declaração de visita fosse uma forma de pressionar o interessado a comprar o imóvel. Por isso, é muito importante manter sempre uma conversa transparente com o cliente. 

O cliente que estiver bem informado sobre o motivo pelo qual se faz necessário assinar a ficha certamente compreenderá que este é apenas um procedimento padrão, que, inclusive, atesta a seriedade e a qualidade dos serviços prestados pela imobiliária e pelo corretor.

Não o pressione

O diálogo com o possível comprador deve ser o mais tranquilo possível. Cada pessoa pode reagir de uma forma diferente e nenhuma delas é responsável pelo que outras pessoas fizeram anteriormente. É comum que corretores que já passaram por situações complicadas quanto ao atendimento abordem os visitantes de forma mais incisiva ou desistam da ficha. Nenhuma dessas atitudes é bem-vinda. 

O corretor deve explicar ao cliente, sem pressioná-lo, que essa declaração de intermediação do corretor é apenas um registro de que houve aquela visita e que em nada compromete o cliente quanto ao imóvel visitado

Modelo de ficha de visita de imóvel

Existem muitos modelos disponíveis na internet. Antes de tudo, é importante verificar quais são as recomendações específicas para este documento feitas pelo CRECI do estado onde as atividades estão sendo realizadas. 

De forma geral, a ficha deve conter o logotipo da imobiliária, e se necessário, e um texto explicativo, detalhando exatamente sobre o que o documento se trata, como no exemplo abaixo:

Declaro, na qualidade de possível comprador, ter tomado conhecimento “In loco” do(s) imóvel(eis) listados abaixo, e obtive os esclarecimentos referente a preços e condições de pagamento destes com o corretor(a)_____________, CRECI_____________.

O texto acima simplifica e resume o objetivo do termo de visita e assegura ao cliente que se trata apenas de um registro da visita, nada mais. Além desse conteúdo, a ficha deve contar com o endereço completo dos imóveis visitados e os seus respectivos códigos. 

Imóveis visitados:

Cód.:________End.:______________________________________________________________

Cód.:________End.:______________________________________________________________

Cód.:________End.:______________________________________________________________

Cód.:________End.:______________________________________________________________

Muitas vezes, o mesmo cliente marca visita a mais de um móvel em um só dia, por isso é importante que a ficha dê conta de registrar todos de uma só vez. 

Por fim, é imprescindível que o visitante e o corretor assinem e que também conste a data e o local da visita. Veja:

Ass.:______________________________________________

Nome cliente:

CPF cliente:

Ass.:______________________________________________

Nome corretor:

CRECI corretor:

__________________________,      ____de_________________de 20______.                                        (Local)                                              (data)

Cada corretor e imobiliária pode e deve realizar as alterações que julgarem pertinentes de acordo com as suas realidades. Entretanto, é fundamental que pelo menos as informações apresentadas aqui estejam presentes de forma nítida.

Como convencer o cliente a preencher a ficha de visita de imóvel?

Mantendo um diálogo aberto, dificilmente um cliente que entende os processos de aquisição de um imóvel iria se opor a assinar um papel que apenas comprova que conheceu um imóvel com a mediação de determinado corretor. 

Por isso, é importante, se o cliente se recusar a assinar, perguntar o porquê e garantir que é um procedimento padrão da imobiliária e do corretor. Pode, inclusive, ser disponibilizada uma via da declaração para que o cliente se sinta mais seguro. 

A cada dia que passa, o mercado imobiliário fica mais competitivo. A venda de um só imóvel pode ser divulgada por mais de uma imobiliária e corretores. Dessa forma, o uso da ficha de visita de imóvel se faz cada vez mais necessário. 

O corretor deve elaborar estratégias de atendimento ao cliente que dê conta de, ao longo do processo, estabelecer uma relação de confiança, fazendo com que os possíveis compradores não tenham medo de assinar um simples e importante documento. 

Se você gostou deste artigo, confira outros conteúdos que podem interessar:

E se você quiser ficar por dentro de todas as novidades sobre o mercado imobiliário e sobre a Vista, participe do nosso canal do Telegram!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *