Técnicas de vendas: Como colocar o SPIN selling em prática na imobiliária

spin selling
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email

Sites de reclamações, acesso mobile, consumidor ultra conectado e aplicativos de mensagens foram apenas alguns dos fatores que levaram às mudanças na forma de comprar e contratar serviços. O Google já declarou que “vivemos na Era da Assistência que mudou completamente a regra do jogo”. Nessa nova fase, entrar em atrito com clientes significa fracasso e mensagens em massa são ignoradas pelo público. Como chamar a atenção da Geração Y que vem alterando o panorama do mercado imobiliário? O que fazer para chamar a atenção de quem checa o celular antes mesmo de escovar os dentes? O segredo do sucesso nesse caso é ocupar os mesmos espaços, falar a mesma língua e analisar ao máximo o comportamento desses leads. Essas premissas são a base da técnica spin selling, que vamos ensinar a colocar em prática neste post.

No artigo Vendas imobiliárias: como melhorar seus resultados com o SPIN selling explicamos os princípios básicos da técnica: quem é o seu criador, como funciona uma sales call e quais são os quatro tipos de perguntas feitas durantes um ciclo SPIN. No post de hoje, vamos mostrar um passo a passo para implementar essas novas estratégias de vendas em sua imobiliária.

Como colocar o SPIN selling em prática em 3 passos

1. Entenda a diferença entre as vendas simples e complexas

Imagine um profissional que está acostumado a vender calças jeans. Ele trabalha nesta profissão há 10 anos e sabe como o consumidor gosta de ser tratado, qual técnica de venda deve utilizar, o que pode ser oferecido para combinar com a peça, entre outras propostas. Agora, imagine que esse mesmo vendedor desista de vender jeans e passe a trabalhar no mercado automotivo. Você acha que ele poderá usar as mesmas técnicas para fechar a venda?

Provavelmente a sua resposta foi não. Vender calças jeans funciona muito bem com as técnicas utilizadas no varejo. O consumidor já tem uma pré-disposição para comprar e o ciclo de vendas é curto. Já no mercado automotivo, quase nunca a venda é fechada imediatamente, as mesmas técnicas de encerramento não funcionam. Ou seja, quanto mais dinheiro envolvido, maior serão o ciclo de vendas e a necessidade do profissional mostrar o valor e as mudanças que o automóvel pode levar a vida do cliente.

O mesmo acontece no ramo imobiliário. A abordagem é completamente diferente e exige muito mais conhecido do profissional sobre a vida do prospect. Atuar em vendas complexas é necessário entender sobre o que está sendo oferecido, paciência para atuar em um ciclo de vendas maior e entender que o valor que o cliente enxerga no produto importa muito.

2. Pratique antes

Você já assistiu vários vídeos na internet, devorou o livro Alcançando a excelência em vendas SPIN Selling: construindo relacionamentos de alto valor para os seus clientes de Neil Rackhan, entendeu como funciona a dinâmica das perguntas SPIN e se considera apto para se tornar em uma máquina de vendas, correto? Não seja ansioso! Entender o processo de uma venda consultiva leva um pouquinho mais de tempo. Pratique bastante para não acabar perdendo um “lead qualificado”.

Treine com amigos, colegas de trabalho e tente simular situações reais, principalmente trabalhando as objeções dos prospects. Veja que tipo de perguntas levou mais tempo e tente equilibrar o tempo gasto entre elas, o máximo possível. Uma boa prática é ter um guia de perguntas básicas, assim, evita-se que você se perca no processo durante a conversa.  

3. Para de se preocupar apenas com o ciclo de vendas

Todo o vendedor quer bater a meta do mês. Isso não é novidades, mas tente não pensar apenas no ciclo de vendas durante a implementação do SPIN selling na imobiliária. Quem está acostumado a se preocupar apenas com o tempo de duração, acaba fazendo a proposta antes da hora e queimando um lead. Lembre-se que, no SPIN selling, é essencial trabalhar antes mesmo da ligação, conhecendo os hábitos do prospect, para que na sales call, o próprio lead pode enxergar a necessidade que ele tem de comprar aquela casa ou o apartamento dos sonhos.

Portanto, tenha paciência. Se você não conseguiu fechar o ciclo SPIN na primeira ligação, espere a próxima. Assim, você vai conhecendo mais o seu futuro cliente e na hora de fazer a proposta, tem mais chance de lhe oferecer os imóveis dos sonhos.

Quer saber mais sobre o SPIN selling? Acesse nosso eBook gratuito: Como o SPIN selling pode contribuir para a redução do ciclo de vendas nas imobiliárias.

CTA_spin_selling

Buscar um artigo
Receba conteúdos exclusivos

Cadastre-se para receber notícias em primeira mão

Atendimento Comercial

Buscar