Você sabe o que precisa para ser um bom corretor de imóveis?

Entrevistamos o cliente João Rocha, Diretor Comercial da Viana Negócios Imobiliários sobre sua visão da profissão de corretor de imóveis. Segundo Rocha, “o corretor que tem o habito de conhecer a carteira imóveis está 10 passos a frente daquele corretor que só fica na mesa esperando o cliente chegar”.

Observando o mercado imobiliário atual percebe-se a importância em analisar as mudanças do setor que exige cada vez mais preparo, capacitação e uma visão global do cenário. Diante das transformações do mercado, o comportamento dos gestores, líderes e colaboradores também sofreu influências. Conte-nos como você atua no desenvolvimento da sua equipe. Quais são os valores que norteiam a sua gestão?

O curso de TTI (Técnicas de Transações Imobiliárias) não é suficiente para ser um bom corretor de imóveis e que o mesmo esteja apto para atuar num mercado tão competitivo, o profissional desse ramo tem a função de Consultor de Negócios Imobiliários, onde para tal, é necessário que tenha conhecimentos gerais e atualizados sobre as tendências globais e também da micro-região onde atua, para tal é importante se atualizar com a leitura de jornais e revistas de diversos segmentos, além do mais ter bons relacionamentos que podem antecipar informações que são importantes.

Atualmente, existe a consciência de que o trabalho do corretor de imóveis não consiste simplesmente em fechar a venda de um imóvel, além disso, é necessário conquistar o cliente por meio de um atendimento diferenciado. Conte-nos, baseando-se na sua experiência, como corretor e como Diretor Comercial da Viana Negócios Imobiliários quais são as características para o profissional ser um bom corretor de imóveis.

Como em tudo na vida, é necessário muita dedicação e trabalho, pois até mesmo aqueles que possuem um dom especial para os negócios podem ser superados por aqueles que se empenham.

Falando especificamente da profissão do Corretor de Imóveis, é válido que este se dedique a conhecer o produto com o qual vai trabalhar, não somente os imóveis, mas também os vendedores/proprietários, pois assim construirá um cenário favorável a negociação.

Costumo dizer que Corretor que tem o habito de conhecer imóveis está 10 passos a frente daquele corretor que só fica na mesa esperando o cliente chegar… Corretor têm que sair pra rua, conhecer tudo que tiver na carteira!!! Assim terá uma boa base para confrontar preços e opiniões opostas… Quando for atender o cliente comprador tudo ficará mais fácil, não fará um atendimento robótico, a conversa fluirá e conseguirá atender a necessidade do cliente com base naquilo que conhece, passando certeza sobre tudo aquilo que falar e apresentar.

Como você vê a busca pela inovação no setor imobiliário em relação a contribuir para o crescimento de um mercado cada vez mais consolidado e próspero. A tecnologia é uma aliada das imobiliárias nesse aspecto?

As ferramentas propostas pela tecnologia ainda são novas para o mercado imobiliário, a maioria dos profissionais ainda passarão por algumas adaptações que se fazem necessárias, pois hoje o mercado não consegue mais andar sem estar aliado as inovações tecnológicas.

O que os profissionais precisam aprender é que a tecnologia é uma parceira, não é a ferramenta que concluirá o negócio. Cheguei a ver corretores que não conseguiram produzir porque ficaram algumas horas sem acesso ao Sistema ou sem acesso a Internet. Se o profissional do ramo imobiliário não tiver um espírito empreendedor e não souber utilizar da tecnologia para se favorecer, este ficará amarrado em diversos procedimentos que serão como uma névoa em meio aos seus negócios.

1 comentário


  1. ola boa tarde!

    Estou a quatro ano no mercado mais quero me tornar uma corretora de sucesso

    conto com ajuda de vocês

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *