Como vender um imóvel financiado: dicas para potencializar o trabalho do corretor

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Leia neste artigo

Como vender um imóvel financiado é uma dúvida muito comum, e os corretores precisam estar preparados para lidar com esse cenário, compreendendo os detalhes do financiamento e como orientar clientes nessa jornada.

Por isso, é preciso conhecer técnicas e questões burocráticas para mergulhar no universo da venda de imóveis financiados e aprimorar suas práticas profissionais.

Neste artigo, entenda como potencializar o trabalho do corretor nas transações imobiliárias, quais são as ferramentas que permitem a segmentação eficiente de clientes e como vender um imóvel financiado com atendimento diferenciado para conquistar e fidelizar clientes.

Confira!

É possível vender um imóvel financiado sem quitar o financiamento?

Legalmente, a resposta é não. O proprietário do imóvel, enquanto ainda está pagando o financiamento, não tem a titularidade plena da propriedade, sendo esta do banco financiador. 

Se sua dúvida é como vender um imóvel financiado, essa transação só é permitida após a quitação total do financiamento.

Muitos recorrem ao chamado contrato de gaveta, assumindo prestações. No entanto, essa prática não é legal, pois o banco não tem conhecimento desse acordo adicional, gerando riscos significativos devido à falta de transparência.

A venda antes da quitação total do financiamento imobiliário é viável, mas o processo difere das transações convencionais. É essencial compreender que o imóvel, embora pago, permanece vinculado ao banco como garantia até o pagamento integral. 

Dessa forma, a quitação é importante para transferir a propriedade para o vendedor, eliminando quaisquer restrições à venda. Contudo, existem outras soluções financeiras alternativas, que abordaremos posteriormente neste artigo.

Como funciona o contrato de compra e venda de imóvel financiado?

O contrato de compra e venda, mesmo em transações com financiamento bancário, desempenha um papel fundamental, estabelecendo bases cruciais para a transação imobiliária. Esse documento, essencial para compradores e vendedores, abrange detalhes que moldam o desenrolar da negociação.

Inclui informações desde dados pessoais até características do imóvel, com destaque para forma de pagamento, documentos necessários, posse do imóvel, penalização, intermediários, entre outros detalhes.

Esse contrato imobiliário minucioso antecipa situações diversas, proporcionando segurança jurídica a ambas as partes. Ao compreender profundamente seus elementos, compradores e vendedores podem participar de transações imobiliárias de maneira mais informada e tranquila.

Quais são as formas de vender um imóvel financiado?

Existem abordagens específicas para concluir a venda de um imóvel ainda sob financiamento. Duas opções comuns são a quitação da dívida e a transferência de financiamento.

Confira detalhes sobre cada uma delas.

Quitação da dívida

A quitação da dívida é uma opção para quem busca vender um imóvel financiado. Nesse processo, o vendedor antecipa o pagamento total do financiamento, consolidando a propriedade em seu nome. 

Essa abordagem oferece vantagens notáveis, eliminando vínculos financeiros com o banco e simplificando a transferência de propriedade. No entanto, é importante avaliar se essa solução se alinha à capacidade financeira do vendedor. 

Embora represente liberdade completa sobre o imóvel, a quitação demanda recursos significativos. Aqui, é preciso uma decisão informada, considerando prós e contras.

Transferência de financiamento

A transferência de financiamento é uma alternativa estratégica para vendedores de imóveis financiados. Nesse cenário, o vendedor busca transferir a responsabilidade do financiamento imobiliário para o comprador, mantendo as condições originais. 

Embora ofereça uma saída para quem não pode quitar antecipadamente, esse processo demanda aprovação do banco e pode envolver taxas. A complexidade dessa abordagem requer uma análise cuidadosa, considerando a viabilidade financeira do comprador e as condições contratuais. 

Logo, a possibilidade de um novo financiamento existe e pode ocorrer no mesmo banco do financiamento anterior ou fazendo a escolha por uma instituição diferente.

Como funciona a venda com financiamento no mesmo banco?

Ao optar pelo financiamento no mesmo banco, a transação segue um processo específico. Após o comprador escolher a mesma instituição financeira do vendedor, é solicitada a atualização do saldo devedor. 

Esse processo resulta na elaboração de um novo contrato de compra e venda, envolvendo o vendedor, o novo comprador e o banco. 

Parte do novo financiamento será destinada à quitação do antigo. Assim, o vendedor não deve contar integralmente com o valor da venda. Importante ressaltar que a remuneração do vendedor ocorre apenas após o registro do novo financiamento. 

Essa é uma transição em que o banco quita o saldo devedor do vendedor e estabelece um novo contrato com o novo comprador.

Como funciona a venda com financiamento com outro banco?

No processo de venda de um imóvel financiado, outra opção é quando o comprador opta por financiar o imóvel em um banco diferente. 

Após solicitar a atualização do saldo devedor ao banco atual, um novo contrato de compra e venda é estabelecido entre vendedor, novo comprador e o banco escolhido.

A transição entre os bancos envolve o pagamento do valor remanescente ao primeiro banco pelo novo banco, quitando assim o financiamento anterior. O vendedor precisa registrar o novo contrato no Cartório de Registro de Imóveis para receber o valor da venda, uma vez que o financiamento foi liquidado.

Esse procedimento, chamado de Interveniente Quitante, envolve a comunicação entre os dois bancos. Dessa forma, o comprador quita o saldo devedor com recursos próprios, assumindo o financiamento com o banco escolhido. 

Após o processo, o imóvel é alienado novamente em nome do comprador com a baixa da alienação do banco anterior, concluindo a transação de forma segura e transparente.

Como calcular o valor para vender um imóvel financiado?

Evite cobrar o mesmo valor que pagou e não siga uma regra fixa. O valor é determinado por você, considerando a valorização e o tempo desde a compra.

Faça também uma pesquisa de valorização imobiliária e analise a valorização na região do seu imóvel, acompanhando notícias locais e usando calculadoras de preços, tudo isso integrado a um CRM imobiliário, para saber a precificação em diversas cidades.

Ou seja, descubra o valor de mercado dos imóveis similares na vizinhança usando ferramentas on-line para uma estimativa fácil.

Lembre-se, ao vender um imóvel financiado, o vendedor recebe do banco, não do cliente. Calcule a diferença entre o valor da venda e a dívida com o banco para determinar o montante que será recebido. 

Informações importantes para orientar o cliente

  • Confira a reputação e a solidez da financiadora do imóvel;
  • Dê suporte abrangente e clareza, esclarecendo todas as dúvidas dos negociantes para promover confiança;
  • Procure ser transparente explicando detalhadamente as formas de pagamento disponíveis;
  • Apresente diversas formas de venda, adaptando-se às necessidades e possibilidades dos envolvidos;
  • Sugira uma vistoria profissional no imóvel ao comprador para assegurar a qualidade da propriedade;
  • Cheque minuciosamente toda a documentação do imóvel e dos envolvidos na compra para evitar problemas futuros;
  • Antes de quitar financiamentos, obtenha todas as certidões do vendedor e do imóvel, evitando contratos particulares que possam resultar em litígios judiciais dispendiosos;
  • Conduza o processo de maneira correta, evitando práticas que possam levar a desentendimentos, e esteja preparado com assessoria legal em caso de inadimplência do vendedor.

Conheça a Vista

O Vista CRM é uma ferramenta essencial para otimizar sua estratégia de venda de imóveis financiados. Com ele, você tem a capacidade de segmentar clientes de maneira eficaz,  potencializando a gestão de relacionamento com o cliente, proporcionando insights valiosos para impulsionar suas negociações.

Além disso, a integração do CRM com a calculadora de preços da Loft ajuda que o corretor ofereça a precificação correta para seguir com a operação, respeitando os dados de mercado. 

Quer ter essa ferramenta para transformar sua abordagem de vendas? Faça o teste grátis e leve sua estratégia de venda para o próximo nível.

Buscar um artigo
Receba conteúdos exclusivos

Cadastre-se para receber notícias em primeira mão

Atendimento Comercial

Buscar